quarta-feira, 21 de julho de 2010

Fulminante!

Acordei hoje com dois trechos de um cronista chamado Fabrício Carpinejar na cabeça. De início me perguntei o porque. Mas depois de acordado e com a mente arejada, soube o motivo. O motivo é a pessoa que no ultimo mês me fez acordar feliz todos os dias. Que me fez rir freneticamente, amar loucamente e acreditar no amor. Que faz meus dias serem mais suportáveis e bonitos. Ela apareceu na minha vida do nada e hoje sou nada sem ela na minha vida.

Fulminante
Fabrício Carpinejar

"Eu me planejei não me planejar. Amor para mim é doideira, descontrôle, soluço de árvore na estrada. Andar de cadarços desamarrados, levar os ciscos e as ervas para a casa. Arrastar as folhas e o solo. Varrer a rua em direção à casa, em movimento inverso. Sujar a casa de mundo, de premência."

(...)

"Sou do amor fulminante, como um enfarte. Perder a razão. Casar na hora, em dias, esquecer que não era possível, esquecer as dificuldades, esquecer os entraves e pormenores. Não dar tempo para criar problemas. Não dar tempo para ponderar com opiniões dos próximos. Não aceitar conselhos de ressaca, decidir ébrio e arrepender-se amando. Ultrapassar-se."

Que esse primeiro mês seja apenas o inicio de uma bela e longa história.


Te amo Ingrid Ivonoska! (L)

Um comentário:

  1. Saiba que esse sentimento é recíproco!!! Amo vc!!! Amo vc!!! Amo vc!!! S2

    ResponderExcluir